9/09/2008

Dois paranaenses no páreo do Oscar

Nossa vida não cabe em um Opala e Estômago concorrem à indicação brasileira

Redação Bem Paraná com agências

O Ministério da Cultura divulgou, nesta terça-feira, a lista dos 14 filmes inscritos para receber indicação como representante brasileiro na corrida para o prêmio de melhor filme estrangeiro no Oscar 2009. O prazo de inscrições foi encerrado nesta segunda-feira. Um dos concorrentes é o filme Nossa Vida não cabe em um Opala, baseado em obra do dramaturgo paranaense radicado em São Paulo Mário Bortolotto. Outro é o filme Estômago, do diretor e cineasta paranaense Marcos Jorge, que foi rodado em Curitiba.

Agora, os filmes serão apreciados pelos seis membros da comissão avaliadora que indicará o longa brasileiro para concorrer à seleção internacional. Ela é formada pelos profissionais da área audiovisual Antonio Alfredo Torres Bandeira, Cleber Eduardo Miranda dos Santos, Silvia Maria Sachs Rabello, Maria Dora Genis Mourão, Giba Assis Brasil e Paulo Sérgio Almeida, e presidida pelo secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Silvio Da-Rin.

O nome do representante brasileiro será divulgado na próxima terça-feira (16), no Rio. Após essa data, ele disputa uma das cinco indicações a melhor filme estrangeiro da academia norte-americana. A festa do Oscar está prevista para fevereiro de 2009.

Veja quem são os 14 filmes que disputam a vaga:

1 - "A Casa de Alice", de Chico Teixera - Cinematográfica Filmes

2 - "A Via Láctea", de Lina Chamie - Girafa Filmes

3 - "Chega de Saudade", de Laís Bodanski - Buriti Filmes

4 - "Era Uma Vez", de Breno Silveira - Conspiração Filmes Entretenimento

5 - "Estômago", de Marcos Jorge - Zen Crane Filmes e Indiana Production Company

6 - "Meu Nome Não É Johnny", de Mauro Lima - Atitude Produções e Empreendimentos

7 - "Mutum", de Sandra Kogut - Tamberllini Filmes

8 - "Nossa Vida Não Cabe num Opala", de Reinaldo Pinheiro - Sequência 1 Cinema e Propaganda

9 - "Olho de Boi", de Hermano Penna - Luz XXI Cine Vídeo

10 - "Onde Andará Dulce Veiga?", de Guilherme de Almeida Prado - Star Filmes

11 - "O Passado", de Hector Babenco - HB Filmes

12 - "Os Desafinados", de Walter Lima Júnior - Tamberllini Filmes

13 - "O Signo da Cidade", de Carlos Alberto Riccelli - Pulsar Prod. Art. E Culturais

14 - "Última Parada 174", de Bruno Barreto - RPJ Produtores Associados

N.do blog: pra quem não sabe ou não sem lembra, a trilha de "Nossa vida não cabe num opala", feita pelo Mário e o maestro Amalfi, tem entre outras participações, uma certa banda chamada OAEOZ, além de Íris, La Carne, Cascadura, Patife Band, etc. Ou seja, já podemos dizer pra todos os efeitos que fomos pré-indicados pro Oscar por tabela. De Sumaré para o mundo! hauahuahuah

15 comentários:

igor disse...

uuuuuuuuurrrrra meu!

Flávio disse...

eu sempre soube que Los Angeles é logo ali depois da curva do Abranchão... ahuááááá!!!!

Ivan disse...

ahahahah. boa Flávio. é por aí.

rkjazz disse...

caras, vcs não sabem o que é ler o nome das figuras subindo nos créditos. emocionante. foda mesmo. dá orgulho dos brothers. cara, e reconhecer as caçãoes no filme. puta que pariu!!!! e vale lembrar que a trilha foi elogiada pra caralho. pq será, hein? vivas ao Bortolotto!!!!

Ivan disse...

certeza Rubens. muitas vivas ao Marião e ao Amalfi. e porra, eu não aguento mais de curiosidade pra ver isso. mas pelo jeito só indo pra sampa mesmo. abs

rkjazz disse...

eu vi duas vezes, hehehehe. venha o quanto antes, porra. de quebra faz um som com o manos. abraço.

Ivan disse...

bem que eu queria. mas além de estar fodido de grana, ainda tem essa porra de campanha eleitoral que não acaba, mas tá acabando comigo. fazer o que. a gente é chique, mas é pobre. ahaha

Túlio disse...

Vi o "nossa vida" a a música do OAEOZ entra num momento exato mesmo... muito bem escolhida!

giancarlo rufatto disse...

"eu sempre soube que Los Angeles é logo ali depois da curva do Abranchão..."

e é mesmo, se vcs não sabem em 2002/2003 ctba "serviu" de los angeles para um filme policial. Reza a lenda que o filme começa com uma tomada da Muricy feita na frente da cats e de repente entra a legenda "los angeles, 20:00..."

hahahahahah genio.

Túlio disse...

HAHAHAH Gian, tu me fez lembrar disso! Bizarro!
Eu acompanhei as filmagens desse filme, o nome é POWERPLAY e tem a filha do Clint Eastwood nele... lembro que colocaram uma placa da California num Gol Bola que fazia um racha absurdo ali na rápida do Cabral... sensacional!

giancarlo rufatto disse...

HAHAHHAHAHAHAHAH

fiquei tentando lembrar o benedito nome do filme! a pré produção contava com coppola pai e isso explica suas passagens por ctba

Anônimo disse...

caralho. curitiba nao serve nem pra ser curitiba de verdade? até disfarçam. vo ver se baixo isso aí. e essa frase do flavio dá letra de música

igor disse...

ops, nao assinei

Marcelo Urânia disse...

HAHAAHA história fabulosa desse filme q usou curitiba de los angeles hahaha! o trailer é engrçado demais hahaha

e como eu faço pra "nossa vida...", ein???

Rick Becker disse...

huahuahuahua... eu trabalhei neste filme... lembro dos carros explodindo na Muricy e um carro velho com um dublê entrando no calçadão ao lado da catedral... O shopping Cristal, a Via rápida... a casa explodindo perto da Rodeo... Quem sabe onde eu posso encontrar este filme me dá um toque OK... designerctba@gmail,com