10/19/2008

Grashopper e Joy Division

Grasshopper And The Golden Crickets (The Orbit Of Eternal Grace)


disco do guitarrista do Mercury Rev. tirado do blog Amor Louco, que aliás, tem muita coisa boa.

Joy Division


Outra descoberta recente foi o blog Arapongas Rock Motor, especializado em filmes underground e de rock, música, etc, que fiquei conhecendo através de outro blog, o Go to Heaven. De lá baixei esse maravilhoso documentário sobre o Joy Division, dirigido por Grant Gee, sobre o qual, aliás, nosso amigo Marcelo Borges já escreveu em texto para o Jornal do Estado publicado em maio. Um complemento perfeito para o "Control", filme de ficção dirigido por Anton Corbijn sobre a vida de Ian Curtis. Sou suspeito pra falar, afinal sou fã da banda e o Joy foi um dos artistas que mais impacto causou em mim, inclusive levando a querer fazer música. Mas o documentário é muito bom, mesmo pra quem não gosta do som, porque mostra bem como a história da banda está ligada à sua cidade, Manchester. Além disso, os caras foram precursores em muita coisa, inclusive nesse lance do independente, e na atitude para com a música. Vale a pena baixar e conhecer. Abaixo um trailer do mesmo.



"Nós fazemos música para nós mesmos, mas esperamos que ainda assim,
outras pessoas gostem dela."


Ian Curtis


Decades
Décadas

Aqui estão os jovens, um peso em seus ombros
aqui estão os jovens, bem, onde estiveram?
batemos nas portas das salas mais sombrias do inferno
levados aos limites, nos arrastamos para dentro
observávamos das coxias enquanto as cenas se repetiam
nos vimos agora como nunca tínhamos visto
retrato dos traumas e degeneração
As mágos que sofremos e nunca fomos libertados
onde estiveram, onde estiveram?

Cansados por dentro, agora nossos corações perdidos para sempre
não podemos nos recompor do medo e da ânsia da perseguição
estes rituais mostraram a porta para nossas caminhadas sem rumo
aberta e fechada, e então batida na nossa cara
onde estiveram, onde estiveram?

tradução: blog Spectrumgothic

2 comentários:

André Ramiro disse...

respeito os suicidas. os verdadeiros.

igor disse...

o disco do grashopper é muito legal hein, soa como o m rev de uns 10 anos atras . massa!