7/08/2009

Hotel Avenida lança canção atemporal em primeiro single

Gazeta do Povo de hoje

Foto: Marcelo Stammer
Ivan Santos (esquerda) e Giancarlo Ruffato: duo à frente do Hotel Avenida valoriza produção em primeiro single

Cristiano Castilho

Há nove anos, o músico Gian­carlo Ruffato foi expulso de uma banda. “Queriam tocar grunge, aquela coisa. Não deu certo”, defende-se o paranaense de Coronel Vivida. Então começou a gravar suas músicas em casa, de forma amadora. Era o projeto-solo low-fi dreams. Só ele e um violão (ou guitarra). Lan­çou um disco homônimo em 2004, e no ano seguinte, mais um “epezinho”.

Mas foi em 2007 que algo aconteceu no cruzamento das avenidas Marechal Floriano Peixoto e Marechal Deodoro. Ruffato, já morador de Curitiba, gravava o clipe da música “Venha Comigo” quando, por acaso e durante uma entrevista, se encontrou com Ivan Santos (da banda OAEOZ), experiente músico da cidade.

A parceria ressoou e hoje os companheiros têm na bagagem o EP Ivan Santos e Giancarlo Ruffato, lançado em setembro de 2008 – “uma dupla sertaneja indie”, diz o músico – e o ótimo single Eu Não Sou um Bom Lugar, parido há algumas semanas, já com os outros músicos que agora formam a banda Hotel Avenida.

Com o contrabaixo de Rubens K (da banda ruído/mm), a guitarra de Carlos Zubek (Folhetim Urbano e OAEOZ) e a bateria de Eduardo Patrício, o duo afinado encontrou possibilidade de expandir suas criações e se apresentar em público.

“Queríamos tocar, e em dois é difícil. Aí chamamos os outros. Eram pessoas mais próximas que também estavam a fim. O primeiro ensaio foi em janeiro deste ano”, lembra Ruffato. Antes, eram só ideias e acordes que vagavam pela internet. “Eu morava no interior e o Ivan em Curitiba. Ele fazia as músicas, discutíamos os arranjos, tudo on-line”, explica.

Nos shows que fazem hoje, 12 músicas estão no repertório. Quatro de autoria da banda, oito antigas composições de Ruffato e ainda há espaço para a curiosa versão de “Nuvem de Lágrimas”, de Fafá de Belém. O próximo passo é um EP de canções inéditas que será gravado ao vivo em meio à participação do Hotel Avenida no programa Acústico Mundo Livre. O lançamento está previsto para setembro.

Um Bom Lugar

Com exímia produção de Carlos Zubek e Rubens K., o primeiro single da Hotel Avenida é, entre muitas coisas, uma “canção melodramática”. A participação especial de Igor Ribeiro no sax nos aproxima de Morphine e as letras depressivas e ironicamente religiosas de Ruffato são o prato principal. Sob instrumentos limpos e bateria comportada, os versos “Mostre seus dentes quando for a hora/ Jesus, Maria e sua gangue/ sua jaqueta de rockstar com seu nome” definem o estilo aparentemente despojado – mas muito bem calculado – da banda. Teclados, escaleta e vários detalhes interessantes valorizam ainda mais a produção e a gravação, realizada no estúdio Confraria Z.

“Não acho triste. É uma canção que tem um clima melancólico. Mas eu vejo senso de humor. Para mim funciona. Mas talvez só eu pense assim”, diz Ruffato.

* * *

Serviço

Ouça e baixe o single “Eu Não Sou um Bom Lugar” em www.myspace.com/hotelavenida.

4 comentários:

rkjazz disse...

chego dia 18/7 em ctba, com uma vontade imensa de tocar, vcs não fazem idéia de quanto. independente dos planos de cada um, eu tenho os meus, e assim sempre será, com amigos por perto e muita música boa. abração a todos

Ivan disse...

WELCOME!

igor disse...

o site do rock de inverno ta muito legal. bota um link ae!

giancarlo rufatto disse...

eu to no modo analogico, nada de internet.