11/22/2006

Distância

Onde vai dar
essa distância
que alimento há tanto tempo
e me esqueço
como voltar
quem vai achar
a diferença
se a verdade se despede como farsa
no fim

vivo a cata de motivos pra estar vivo
só o existir me empurra pro abismo
as vezes o viver também
sabemos disso
os dias passando só pra preencher o tempo
como rabiscos num caderno antigo
não me interessam mais
embora me atropelem quase sempre

onde vai dar
essa distância
que alimento há tanto tempo
que me esqueço
como voltar
quem vai achar
a diferença
se a verdade se despede como farsa
no fim

o fim que chega toda manhã
quando você fica na cama dormindo sozinho
a tv ligada, as vozes, as luzes na janela aberta
mas eu só queria te contar uma história
voltar pra casa e lembrar cada detalhe escondido
seria belo e rápido como tudo que a gente
construiu e ruiu, no instante seguinte

onde vai dar
essa distância
que alimento há tanto tempo
que me esqueço
como voltar
quem vai achar
a diferença
se a verdade se despede como farsa
no fim

Texto de Ivan Santos, com Adri Perin e Rubens K para música do OAEOZ

3 comentários:

rkjazz disse...

a seis mãos então? que chique! grande obrigado por ontem brother. foi especial. abraço.

Ivan disse...

pois é, esse trio ainda vai dar o que falar. foi legal ontem. estamos pensando em ir no Kerouac na sexta. abs

rkjazz disse...

certeza!!! me confirme a data que rola uns convites, ok? abraço, brother.